Discurso do Presidente Barack Obama sobre Estado da União em 2011

IMG 17

O 2011 State of the Union Address (Discurso sobre o Estado da União em 2011) foi um discurso memorável feito pelo Presidente Barack Obama às 21:00hs do dia 25/01/2011, numa sessão conjunta de Deputados e Senadores do Congresso dos Estados Unidos.

A imprensa brasileira pouco ou quase nada comentou sobre este discurso, mas esta newsletter entendeu que este discurso merece uma atenção especial, já que ele é carregado de valores e princípios que norteiam uma visão de mundo, algo que paradoxalmente, nós, no Brasil, ainda não conseguimos definir enquanto nação.

Segundo o Wikipédia, neste discurso o Presidente Obama delineou sua “vision for an America that’s more determined, more competitive, better positioned for the future—an America where we out-innovate, we out-educate, we out-build the rest of the world; where we take responsibility for our deficits; where we reform our government to meet the demands of a new age” (“visão para uma América que seja mais determinada, mais competitiva, melhor posicionada para o futuro – uma América onde nós inovemos mais que qualquer outro, nós eduquemos mais que qualquer outro, nós construamos mais que o resto do mundo; onde nós tomemos a responsabilidade por nossos déficits; onde nós reformemos nosso governo para alcançar as demandas de uma nova era”).

Ao invés de citar todo o discurso, destacaremos apenas aquelas sentenças que consideramos as mais significativas para a newsletter, a saber:

- O futuro é para nós conquistarmos. Mas para chegar lá, nós não podemos ficar esperando. Como nos disse Robert Kennedy, “O futuro não é um presente. É um empreendimento”;

- E agora é o nosso turno. Nós sabemos o que é necessário para competir por empregos e indústrias do nosso tempo. Nós precisamos inovar mais que qualquer outro, educar mais que qualquer outro, construir mais que o resto do mundo. Nós precisamos fazer da América o melhor lugar da Terra para se fazer negócios. Nós precisamos tomar responsabilidade pelos nossos déficits e reformar nosso governo. É assim que o nosso povo prosperará. É assim que nós vamos vencer o futuro. E nesta noite eu gostaria de falar como nós vamos chegar lá;

- O primeiro passo para conquistar o futuro é encorajar a inovação americana. Nenhum de nós pode prever com certeza qual será a próxima grande indústria ou de onde virão os próximos empregos. Trinta anos atrás, não poderíamos saber que algo chamado Internet pudesse liderar uma revolução econômica. O que nós podemos fazer- o que a América faz melhor do que ninguém- é despertar a criatividade e a imaginação de nosso povo. Nós somos a nação que colocou carros nas estradas e computadores nos escritórios; a nação de Edison e dos Irmãos Wright; de Google e Facebook. Na América, inovação não somente muda nossas vidas. É do que a gente vive;

- Nosso sistema de livre empresa é o que move a inovação. Mas pelo fato de nem sempre ser lucrativo para as empresas investir em pesquisa básica, ao longo de nossa história, nosso governo ofereceu cientistas e inventores de ponta com o suporte que eles necessitaram. Isto foi o que plantou as sementes da Internet. Isto foi o que ajudou a tornar possível coisas como chips de computadores e o GPS. Pensem em todos os bons empregos – da manufatura ao varejo – que surgiram destes avanços;

- Manter nossa liderança em pesquisa e tecnologia é crucial para o sucesso da América. Mas se nós desejamos conquistar o futuro (segundo passo, grifos esta newsletter) – se nós desejamos inovar para produzir empregos na América e não lá fora – logo, nós também teremos que vencer a corrida para educar nossas crianças;

- O terceiro passo para conquistar o futuro é reconstruir a América. Para atrair novos negócios para nossas terras, nós precisamos dos mais rápidos e mais confiáveis meios de mover pessoas, bens e informação – do trem da mais alta velocidade à Internet de maior banda larga;

- Agora, o passo final crítico para conquistar o futuro é assegurar que nós não fiquemos enterrados numa montanha de débito.

Estas são algumas das ricas frases pronunciadas pelo Presidente Obama em seu primeiro discurso deste ano, e que convergem para o que vem sendo publicado neste espaço. Tiradas do contexto de todo o discurso podem não espelhar sua riqueza na totalidade; e é por isso que esta newsletter faz um convite a uma leitura integral do discurso, de modo que os leitores possam perceber o quanto, enquanto nação, estamos distantes ainda de pensar em uma visão tão ampla quanto a que foi retratada neste discurso!

Creativante 2017 - Todos os direitos reservados