Previsões para as TICs em 2011

IMG 47

A estação das previsões para as TICs para o próximo ano chegou! Como todos os anos, a International Data Corporation- IDC saiu na frente.  De forma resumida, a IDC prevê que serviços na nuvem, computação móvel e redes sociais vão amadurecer e se aglutinar em 2011, criando um novo “mainstream” (corrente em voga) para a indústria de TICs.

“Em 2011, nós esperamos ver estas tecnologias transformadoras fazerem uma transição crítica do status de “pioneiros” para “mainstream”, comentou Frank Gens, Vice Presidente Sênior e Analista Chefe do IDC, em 02/12/2010.

“Como resultado, nós veremos a indústria de TICs revolver mais em torno da edificação e adoção desta nova plataforma dominante, caracterizada por mobilidade, aplicações baseadas na cloud e entrega de serviços, camadas geradoras de valor de negócios sociais e analítica pervasiva (em todos os lugares). Em adição à criação de novos mercados e oportunidades, esta reestruturação irá subverter quase cada suposição sobre quem serão os líderes da indústria, e como eles estabelecerão e manterão a liderança”.

A plataforma de transição será incentivada por outro sólido ano de recuperação nos gastos em TICs.  A IDC prevê que o gasto mundial com TICs será em torno de US$ 1,6 trilhões em 2011, um aumento de 5,7% em relação a 2010.  Enquanto o gasto com hardware irá permanecer forte (7,8% de crescimento ano-a-ano), a indústria dependerá, em grande medida, de melhorias em gastos de software (crescimento de 5,0%), e gastos em serviços baseados em projetos (crescimento de 3,5%), bem como de ganhos em outsourcing (crescimento de 4,0%).  O gasto mundial irá também se beneficiar da recuperação acelerada em mercados emergentes, os quais irão gerar mais da metade de todo novo gasto líquido mundial em 2011.

Os gastos em serviços de TICs na nuvem pública irão crescer mais de cinco vezes a taxa da indústria de TICs em 2011, uma subida de 30% em relação a 2010, à medida que as organizações movem um amplo leque das aplicações de negócios para a nuvem.  Negócios da cloud de pequeno e médio portes irão emergir em 2011, com a adoção de alguns dos recursos da cloud alcançando 33% entre as empresas americanas de porte médio ao final do ano.  Enquanto isso, mais modelos nascentes da cloud privada irão evoluir à medida que provedores de infraestrutura, software e serviços colaborem num amplo leque de ofertas e soluções.  Em paralelo, a batalha dos vendedores por posições de poder na cloud será combinada para determinar em qual plataforma de cloud as soluções serão oferecidas, e quem irá prover coerente gestão de TICs ao longo de múltiplas clouds públicas, múltiplos consumidores de clouds privadas, e seus ambientes legados de TICs.

A computação móvel- em uma variedade de dispositivos e em um leque de novas aplicações- continuará a explodir em 2011, formando outra prancha crítica na nova plataforma da indústria.  A IDC espera carregamentos de dispositivos não-PC (capazes de rodar aplicações)(smartphones, media tablets, etc.) irão ultrapassar os carregamentos de PCs nos próximos 18 meses- e não haverá qualquer “olhar para trás”.  Enquanto os vendedores com uma herança de PCs irão lutar para assegurar suas posições neste rápido e expansivo mercado, outra batalha irá tomar lugar pela dominância no mercado das aplicações móveis.  O nível de atividade neste mercado será surpreendente, com a IDC esperando algo próximo de 25 bilhões de aplicações móveis serem baixadas em 2011, subindo de 10 bilhões em 2010.  Ao longo do tempo, os ecossistemas de aplicações que estão surgindo prometem reestruturar fundamentalmente os canais para todos os conteúdos digitais e serviços aos consumidores.

Neste meio termo, software de negócios sociais têm ganho momentum significativo na empresa nos últimos 18 meses, e se espera que esta tendência continue com a IDC prevendo uma taxa anual de crescimento composto de 38% até 2014.  Em um claro sinal de que o negócio social atingiu o mainstream, a IDC espera que 2011 seja o ano de consolidação, à medida que os maiores vendedores de software adquiram provedores de software social para pular ou aumentar sua pegada no negócio social.  Enquanto isso, o uso de plataformas sociais irá acelerar, com mais de 40% das pequenas de médias empresas usando redes sociais para propósitos promocionais ao final do ano.

À medida que a nova plataforma mainstream se aglutina nos meses à frente, a IDC espera que ela pavimente os alicerces dos vendedores de TICs para dar suporte, e lucre a partir de, uma variedade de transformações inteligentes da indústria.  No varejo, a mobilidade e as redes sociais estão rapidamente mudando a experiência de compra dos consumidores à medida que eles trazem seus smartphones para dentro da loja para fazerem comparações de preços e para observarem recomendações de compras. Nos serviços financeiros, a mobilidade e a cloud estão trazendo o mobile banking e pagamentos mais perto da realidade.  E na indústria dos cuidados com a saúde, a IDC espera que 14% dos adultos americanos usem uma aplicação móvel de saúde em 2011.

Em resumo, o que realmente distingue o ano que vem é que estas tecnologias de ruptura estão finalmente sendo integradas umas com as outras- cloud com mobile, mobile com redes sociais, e redes sociais com big data (grandes dados) e analítica em tempo real.

Se sua empresa, organização ou instituição deseja saber mais sobre previsões para as TICs em 2011, fique a vontade para nos contatar!

--------------------------------------------------------------------------------

(PS: esta é a última newsletter deste ano. Estaremos no recesso natalino e em janeiro de 2011 retomaremos o contato com nossos leitores. Boas Festas e um Próspero 2011!).