The Forrester Wave™: Big Data Predictive Analytics Solutions, Q 1 2013

05 13

O título é longo e pode ser traduzido desta maneira: “Soluções de Analítica Preditiva para Big Data, Primeiro Trimestre de 2013: Metodologia Forrester Wave TM”. Trata-se de mais um relatório da empresa Forrester (www.forrester.com), que assim como o GartnerGroup (www.gartner.com), é uma empresa de tecnologia e pesquisa de mercado que provê aconselhamento sobre o atual e potencial impacto de tecnologias para seus clientes e o público.

A Forrester detém uma metodologia (a Forrester WaveTM) que já foi apresentada aqui nesta newsletter em 05/05/2010. Neste seu recente relatório sobre soluções de analítica preditiva para big data houve poucas surpresas, mas a Forrester fez questão de deixar um recado para a SAS, a IBM e oito outros vendedores avaliados no relatório: tornem a analítica preditiva mais acessível aos usuários de negócios!

Os dez vendedores avaliados neste relatório são: SAS, IBM, SAP, Tibco, Oracle, StatSoft, KXEN, Angos Software, Revolution Analytics e Salford Systems (Figura 1). Os rankings do relatório são baseados em 51 critérios de avaliação envolvendo 13 scores gerais de ofertas de produtos, estratégia da empresa e presença de mercado. A SAS tem a maior presença de mercado com mais de 3.000 clientes de analítica preditiva, versus mais de 1.500 para a IBM, mas os ratings de produto e estratégia foram os que dirigiram os rankings.

A SAS oferece um amplo conjunto de ferramentas de analítica preditiva, uma arquitetura que dá suporte a múltiplas plataformas, bem como analítica in-database e analítica in-memory. Segundo a Forrester, para permanecer no topo a SAS precisa prover soluções mais sofisticadas para analítica real-time, tais como streamprocessing e também ferramentas de modelagem preditiva que os analistas de negócios acham mais usáveis.

A Forrester deu à IBM (pioneira nesta nova onda de business analytics) altas marcas por sua presença global e amplo portfólio de analítica, que inclui SPSS (ferramentas da empresa do mesmo nome que a IBM comprou por US$ 1,2 bilhões em 2009) e as capacidades de in-database do PureData System for Analytics (da antes denominada Netezza, comprada pela IBM em 2010 por US$ 1,7 bilhões), entre outros ativos (tais como as ferramentas da Cognos, comprada em 2007 por US$ 4,9 bilhões). A Forrester encorajou a IBM tornar seu portfólio “menos confuso” e a criar mais soluções que os clientes possam usar “fora da caixa”. Ou seja, sugere menos dependência dos consultores da IBM para integrar os múltiplos produtos.

De acordo com a revista digital www.informationweek.com, uma surpresa na avaliação da Forrester, feita pelo seu analista Mike Gualtieri, foi o score da SAP, considerando o fato de que ela é relativamente nova em termos de analítica avançada. A empresa introduziu um módulo avançado de analítica há três anos, baseado no software da SPSS, e daí introduziu uma substituição deste para o PredictiveAnalysis, em 2012. A SAP tem uma ferramenta de modelagem (parecida com a SAS Enterprise Miner e com a SPSS Modeler) e uma biblioteca de analítica (parecida com aquelas ofertadas pela Teradata e pela IBM PureData for Analytics). O relatório descreve a estratégia da SAP para rodar analítica no seu HANA (High PerformanceAnalytic Appliance) in-memorydatabase como interessante. Ainda segundo a Forrester, as tecnologias da SAP foram mais escaláveis para uso de big data do que aquelas oferecidas (ao tempo da produção do relatório) pela Tibco, a empresa mais próxima no ranking.

Esta surpresa apontada pela Forrester deve ser encarada como um desafio para as empresas de gestão empresarial mundo afora (inclusive o Brasil), já que a SAP (que tem presença importante, e marcante, neste mercado) está demonstrando que entrou definitivamente no mercado de ferramentas de business analytics (é oportuno observar que mesmo na página web da Totvs, maior ofertante de soluções de gestão empresarial no Brasil, ainda não são citadas estas novas ferramentas de negócios entre seus produtos).

Se sua empresa, organização ou instituição deseja saber mais sobre ferramentas de analítica de negócios, fique a vontade para nos contatar!


03 fig1