Novas Estratégias de Sistemas de Informação

35 13

Você pode não saber, mas as Estratégias de Sistemas de Informação - ESI (Information Systems Strategies- ISS) têm estado no topo das agendas da gestão da TI por anos. Dadas as transformações tecnológicas e econômicas que estamos atualmente testemunhando, a importância deste tema irá aumentar ainda mais no futuro.

No entanto, esta tendência não se reflete adequadamente na pesquisa de estratégia de sistemas de informação (marcadamente a acadêmica). Quem afirma isto é o Prof. Rolf Alexander Teubner, do Institute for Information Systems, Westfälische Wilhelms - University of Münster, Münster, Alemanha (que é também o Chefe de Pesquisa do Strategic Information Management do ERCIS- European Research Center for Information Systems - http://ercis.com/).

Segundo o Prof. Teubner as atividades de pesquisa em ESI tiveram seu pique nos anos 1990 e declinaram desde então. Como ele assinala, parece que a pesquisa em ESI e a prática do mercado divergiram ao longo do tempo. Logo, não é surpresa para ninguém que as recomendações acadêmicas sejam raramente adotadas pelos praticantes de ESI, ou se pelo menos estes últimos as percebem.

Em resposta a este problema, os debates acadêmicos sobre ESI mais recentes (esta newsletter acrescenta: debates no ambiente anglo-saxão) sugerem, segundo o Prof. Teubner, uma “virada” em direção à prática.

Em recente artigo, intitulado “Information Systems Strategy: Theory, Practice, and Challenges for Future Research”, publicado na revista Business & Information Systems Engineering, 4/2013, páginas 243-257, o Prof. Teubner introduz um arcabouço analítico para aumentar a relevância prática da pesquisa em ESI. Segundo ele, tal arcabouço reflete particularmente as condições presentes de planejamento, como as que são características de “era de informação”.

Em função da exiguidade de espaço, selecionamos apenas alguns destaques deste artigo. O Prof. Teubner faz um resgate do que representou o desenvolvimento do debate acadêmico sobre ESI. A Figura 1 à frente tenta descrever sumariamente as etapas de evolução deste debate desde os anos 1960, em função da frequência dos termos do debate nas publicações desta área.

Ao descrever os aspectos mais salientes de cada década, o Prof. Teubner contrasta os conceitos de ESI que foram tratados na academia com os conteúdos das estratégias de SI que se materializaram na práticas das empresas e organizações. E foi a partir disto que ele constatou o gap (hiato) entre aquilo que a academia tratava e o que os praticantes de ESI desenvolviam.

Finalmente, o Prof. Teubner observa que a academia está, finalmente, reconhecendo os problemas do seu enfoque tradicional (e seu distanciamento da realidade prática). Neste sentido, ele passa a assinalar, por parte da academia, uma “nova perspectiva” em ESI. Esta nova perspectiva vem se denominando “The Strategizing Framework” (Um Arcabouço de Estrategização). Em forte contraste com as estratégias do passado, onde os arcabouços organizam conteúdos de estratégia, este novo arcabouço modela áreas de preocupação na formação da estratégia.

Tendo como um dos seus principais articuladores o Prof. Robert Galliers, da Bentley University, nos EUA, esta nova perspectiva abandona a separação entre a estratégia de SI e a estratégia do negócio, e passa a considerar que a ESI não é mais independente da estratégia do negócio. Ou seja, a ESI se torna uma parte integral, e pré-requisito, da estratégia do negócio.

Esta mudança em perspectiva se deve à constatação de que não é mais possível “planejar” sistemas de informação estrategicamente; ou seja, não é mais possível considerar que o “planejamento” seja sobre “predeterminar uma ação no futuro”! Se isso foi válido para o ambiente econômico dos anos 1960 e 1970, tal posicionamento não mais condiz com as condições dos desafios do século 21, marcadamente as rápidas e profundas mudanças tecnológicas e econômicas.

Voltaremos a tratar sobre mais detalhes da temática de “estrategização” de sistemas de informação!

Se sua empresa, organização ou instituição deseja saber mais sobre novas estratégias de sistemas de informação, fique a vontade para nos contatar!

fig 01 35

Creativante 2017 - Todos os direitos reservados