A maturidade do mercado de cloud computing

36 13

Cloud computing (computação em nuvem) emergiu na consciência de líderes de tecnologia e de negócios com a expectativa que mudaria muitos aspectos de como a tecnologia iria ser adquirida, gerida e usada. Havia argumentos de que cloud computing, como uma tecnologia disruptiva, mudaria como as empresas alavancariam sistemas de informação e informação, como grupos de tecnologia adquiririam tecnologia, e como departamentos de TI e unidades de negócios iriam se unir para endereçar as necessidades do mercado e avançar em estratégias. As previsões eram de que os Chief Information Officers (CIOS) evoluiriam para se tornarem integradores de tecnologias, vindas do seio da organização de TI, mas crescentemente alavancando plataformas, infraestruturas e serviços através de uma rede de fornecimento de provedores de cloud.

Até o momento, segundo o estudo da Cloud Security Alliance - CSA da ISACA (uma associação global, independente e sem fins lucrativos, que congrega profissionais de governança de tecnologias de informação e comunicação- TICs: www.isaca.org), intitulado “Cloud Computing Market Maturity: Study Results” (Maturidade do Mercado de Computação em Nuvem: Resultados de Estudo), estas expectativas descrevem o que é ainda um potencial, ainda não materializado estado de futuro, devido ao nível de maturidade no mercado.

Este estudo analisa o nível de maturidade e inovação do mercado de cloud computing, e encoraja discussões que facilitam um melhor entendimento do mercado e dos fatores que encorajam ou restringem a maturidade do mercado. Os dados apresentados foram extraídos de respostas de 252 participantes representando uma comunidade global de usuários da cloud, provedores de serviços, integradores e consultores.

Como observado no estudo, as expectativas estão elevadas com relação à cloud computing. A crença prevalente é que cloud computing pode prover oportunidades significativas para empresas para inovar em formas que possam romper com os modos prevalentes de prover e usar TI. No entanto, de acordo com o estudo, a cloud computing ainda não atingiu um nível de maturidade que possa dar suporte a este cenário. Ao contrário, os participantes do estudo acreditam que as ofertas de serviços de plataformas e infraestrutura ainda estão em sua infância de maturidade, enquanto as ofertas de serviços de software estão acabando de sair de sua infância e estão entrando nos estágios iniciais de crescimento de mercado. Os participantes estimam que levará uns três anos para os serviços de infraestrutura e plataformas de cloud estarem firmemente colocados no estágio de crescimento, e pelo menos dois anos para os serviços de software atingirem aquele estágio.

Segundo o estudo, a maturidade de mercado pode ser enfocada de diferentes perspectivas. A maturidade pode ser um aspecto do crescimento do mercado e seu desenvolvimento; neste enfoque, a maturidade do mercado é uma medida da extensão pela qual a cloud tem penetrado o mercado potencial e as receitas que são geradas neste mercado. A maturidade pode ser vista em termos de evolução de produto, a transição de um novo conceito de produto, através da diferenciação no mercado, para a produtividade, e finalmente a transparência, à medida que as capacidades do produto estejam completamente desenvolvidas sejam amplamente aceitas. A maturidade do mercado pode também ser descrita em termos tomados emprestados da Psicologia, usando a hierarquia das necessidades do indivíduo para descrever aspectos de produto tais como sobrevivência, qualidade, conveniência e customização. Finalmente, a maturidade da cloud computing pode ser explorada em termos dos processos do provedor e usuários porque é no seio destes processos que a habilidade de confiar naqueles serviços se irá prover se o esperado valor é atingido.

Para examinar os aspectos mais importantes da cloud computing (relações entre fornecedores e usuários, e questões presentes e requisitos), o estudo usou um enfoque híbrido que endereça níveis de maturidade de produto da infância até o crescimento, maturidade e eventual declínio de mercado. Em cada estágio há elementos particulares que podem ser usados para distinguir os diferentes níveis de maturidade. Os elementos distintivos são:

• Tamanho do mercado e diversidade dos produtos;

• Clareza da definição e fatores distintivos entre clouds e outros arranjos outsourced (terceirizados);

• Aceitação dos papéis e responsabilidades entre usuários e provedores e entre organizações usuárias;

• Nível de integração entre usuários e provedores nas organizações usuárias;

• Extensão da inovação no mercado;

• Claridade em entender os benefícios da cloud computing e o potencial para um ROI (return on investment- retorno do investimento) aumentado.

Em resumo, apesar de muito se falar hoje em dia sobre cloud computing, ainda estamos na infância em termos deste novo modelo de negócios da área de TICs!

Se sua empresa, organização ou instituição deseja saber mais sobre cloud computing, fique a vontade para nos contatar!

Creativante 2017 - Todos os direitos reservados