Plataformas Digitais se agigantam: Google + Tencent

02 18A empresa americana controladora do Google (Alphabet) e a chinesa Tencent Holdings anunciaram um acordo de licenciamento cruzado dos seus portfólios de patentes.  A extensão da cooperação ou os detalhes financeiros do acordo não foram revelados.  No entanto, de acordo com análise da ALT Perspective para o site Seeking Alpha, presume-se que seja um arranjo amplo que procura atender os melhores interesses dos dois gigantes da Internet. 

Google se retirou do rapidamente crescente e de alto potencial mercado chinês devido à sua recusa em se sujeitar à censura pelas autoridades locais. Todavia, um artigo da Forbes apontou que, na verdade, a retirada se deveu à inabilidade de superar o Baidu, o líder local em buscas, apesar de ter investido pesados recursos em contratação de pessoal, como engenheiros top e linguistas.  Por outro lado, Tencent ainda tem que estabelecer um pé firme no lucrativo mercado norte-americano.

Além disso, Google e Tencent são fortes em áreas em que cada um é fraco.  Logo, a oportunidade não é somente territorial por natureza, mas também em vários segmentos de mercado em que o duo é separadamente fraco.  Dado que as duas plataformas têm áreas de negócios que se superpõem, o acordo ajudaria também em minimizar potenciais violações em patentes. Ao invés de gastarem preciosos tempos e recursos lançando e lutando vexaminosas batalhas uma contra a outra, Alphabet e Tencent estão melhores licenciando cruzadamente seus portfólios de patentes.

A ALT Perspective apontou algumas razões pelas quais acredita que o acordo é bom para ambas empresas.  Primeiramente, a Tencent é um valioso parceiro para a Google.  O EV – Enterprise Value - da Tencent, de US$ 561 bilhões, está rapidamente se aproximando dos US$ 694 bilhões da Google.  A taxa do EV da Google para a da Tencent caiu de 2,5 x em 2016 para somente 1,2 x no presente momento.  A subida no preço da ação da Tencent foi amplamente parelha com a da Alphabet ao longo dos últimos três anos, até que a Tencent ultrapassou a partir de junho de 2017.  O fenômeno foi uma reação atrasada para um consistentemente superior crescimento das receitas da Tencent.  Ao longo daquele período, a receita da Tencent cresceu 108 por cento, enquanto a receita da Alphabet foi metade daquela em 54%.

Em segundo lugar, enquanto o fluxo de caixa livre da Alphabet é muito maior do que o da Tencent, a última está melhor em extrair fluxo de caixa de operações (cash flow from operations – CFO) relativamente às vendas.  Em outras palavras, para cada dólar de aumento em receita, Tencent é mais provável de produzir maior CFO.

Em terceiro lugar, a parceria preenche as deficiências uma da outra.  A empresa de consultoria BCG produziu um quadro interessante sobre o ecossistema digital da China (Figura 1 à frente).  Nele o espaço online da China do e-commerce à social media e o vídeo streaming é mapeado de acordo com as marcas afiliadas ao BAT (trinômio para designar Baidu, Alibaba e Tencent).  Tencent, em verde, claramente ocupa uma presença ao longo das cinco categorias do ecossistema digital.  Infelizmente, para Tencent, seu engenho de busca na forma do Sogou só pode atingir uma fatia de 5% do mercado na China.  Por outro lado, não precisa ser especialista em TICs para reconhecer que o ponto forte da Google é busca.  E também tem uma forte presença no ecossistema digital global.  Google é, de fato, mais pervasiva em nossa vida diária do que percebemos.

Logo, com acesso às patentes em tecnologias relacionadas à buscas, Tencent pode melhorar dramaticamente sua capacidade em buscas para adotar no Sogou e possivelmente no seu WeChat.  Adicionalmente, YouTube é a plataforma top globalmente em vídeo sharing, enquanto Tencent Video está no quarto lugar na China com uma respeitável fatia de 15%.  Enquanto a fatia de mercado pode não ser representativa do nível de tecnologia, é claro que YouTube é o líder em inovações de vídeo sharing dada sua escala e os investimentos multi-anuais desde seu lançamento.  Tencent vídeo pode, então, se beneficiar da adoção das patentes relacionadas para uso em sua plataforma.

Existem outras razões a serem apontadas, mas em resumo a parceria entre a Alphabet e a Tencent é mais um demonstrativo de que no mundo digital global a cooperação tem muito mais a nos ensinar do que a velha é birrada competição que estamos acostumados a ouvir!

Se sua empresa, organização ou instituição deseja saber mais sobre a cooperação entre as plataformas digitais globais, fique a vontade para nos contatar!

 

l02F1

 

banner

Creativante 2017 - Todos os direitos reservados