Integration Platform as a Service (Plataforma de Integração como um Serviço)

24 19Desde a newsletter de 23/06/2019, iniciamos um tratamento da questão da integração da empresa (*). Hoje vamos discutir brevemente sobre Integration Platform as a Service (iPaaS)(Plataforma de Integração como um Serviço).

A definição do Gartner é a de que uma iPaaS provê capacidades para possibilitar que assinantes (também conhecidos como “tenants”- inquilinos) implementem projetos de integração envolvendo qualquer combinação de cloud-resident (residentes na nuvem) e on-premises (locais, escritórios, etc) endpoints (extremidades), incluindo APIs, dispositivos móveis e Internet of Things (IoT)(Internet das Coisas). Isto é atingido ao desenvolver, empregar, executar, gerenciar e monitorar processos de integração e fluxos que conectam múltiplos endpoints, de forma que eles possam trabalhar juntos.

As capacidades de iPaaS incluem:

● Conectores de protocolos de comunicação (tais como FTP, HTTP, dentre outros);

● Conectores/adaptadores de aplicações para SaaS e aplicações em pacotes para on-premises;

● Formatos de dados, tais como XML, JSON e ASN1;

● Padrões de dados, tais como Electronic Data Interchange for Administration, e outros;

● Mapeamento transformação de dados;

● Qualidade de dados;

● Roteamento e orquestração;

● Ferramentas de desenvolvimento de fluxo de integração e gestão de ciclo de vida;

● Monitoramento e gestão de fluxo operacional de integração;

● Gestão de API;

● Suporte para vários cenários de integração, tais como integração de aplicações, integração de dados, integração de ecossistema B2B, integração de processo, integração de IoT e automação robótica de processo.

O Gartner considera uma empresa iPaaS (ou seja, uma EiPaaS) se ela:

● Foi projetada para dar suporte a projetos enterprise-class (classe empresarial), isto é, projetos que requeiram alta disponibilidade, recuperação de desastres, segurança, SLAs, e suporte técnico do provedor;

● Ofertar experiências de uso que possibilitem usuários finais desenvolverem e gerenciarem integrações independentemente do provedor EiPaaS. Essas experiências devem ser suportar multiple integration personas, particularmente especialistas em integração e integradores ad-hoc;

● Oferecer capacidades para execução de cenários de integrações múltiplas, incluindo integração de aplicações em tempo real, e integração de dados no modo batch;

● For suportada por uma ampla estratégia go-to-market que enderece compradores de uma plataforma estratégica de integração, mais do que focar em cenários de integração específica, indústrias ou áreas geográficas.

Neste sentido, o Gartner indica o Quadrante Mágico de provedores de Enterprise Integration Platform as a Service da Figura 1 à frente.

Em resumo, num mundo onde as relações empresariais (B2B e B2C) são estabelecidas através de múltiplos canais, não resta outro caminho senão apelar para as Integration Platform as a Service (iPaaS)(Plataforma de Integração como um Serviço). O desafio é desenvolver sua própria iPaaS ou escolher aquele fornecedor que melhor lhe aprouver!

Se sua empresa, organização ou instituição deseja saber mais sobre iPaaS, não hesite em nos contatar!

(*) Integração entendida como tudo sobre como fazer diferentes aplicações e sistemas funcionarem juntos. É permitir que eles compartilhem dados, orquestrem fluxos de trabalho de negócios, e coordenem como colaboradores trabalham ao longo de um crescente número de aplicativos.

l24F1

 

banner

Creativante 2017 - Todos os direitos reservados