Value of Data (Valor dos Dados)

31 19Na era do Big Data é comum se falar nos 3 Vs – Volume, Velocidade e Variedade - dos dados. Mas um outro V está rapidamente tomando um lugar central: Valor. De acordo com a Accenture, quantificar o valor inerente dos dados é a mudança de paradigma para as organizações de hoje – ou seja, mudando o mindset de dados como um mero byproduct dos negócios para um ativo essencial e valioso para o futuro. Segundo aquela empresa, extrair o valor dos dados se tornou uma necessidade competitiva.

Um trabalho publicado recentemente traz mais luzes à questão do valor dos dados. Wendy C. Y. Li, Makoto Nirei e Kazufumi Yamana, em um artigo intitulado “Value of Data: There´s No Such a Thing as a Free Lunch in the Digital Economy”, demonstram que a partir do escândalo dos dados da saga “Facebook- Cambridge Analytica” não existe esta coisa de “almoço grátis” na economia digital.

Segundo os autores, companhias plataformas online trocam bens e serviços “gratuitos” por dados dos consumidores, colhendo benefícios econômicos potencialmente significativos ao monetizarem dados. A proliferação dos bens e serviços digitais “gratuitos” coloca desafios não somente para policymakers que geralmente dependem de preços para indicar o valor de um bem, mas também gestores corporativos e investidores que precisam saber qual o valor dos dados, um insumo chave de bens e serviços digitais.

No trabalho dos autores eles examinam primeiramente as atividades de dados para sete grandes tipos de plataformas online baseadas nos modelos de negócios subjacentes (Tipo 1: Plataforma de Comércio Eletrônico; Tipo 2: Plataforma de Compartilhamento Online; Tipo 3: Plataforma Fintech; Tipo 4: Plataforma de Serviço de Rede Social Online; Tipo 5: Plataforma de Matchmaking Online; Tipo 6: Plataforma de Crowdsourcing Online; e, Tipo 7: Plataforma de Busca Online).

Eles mostram como companhias plataformas online adotam passos para criarem o valor dos dados, e apresentam a cadeia de valor dos dados para mostrar as atividades de agregação de valor envolvidas em cada passo. Os autores observaram que as companhias plataformas online podem variar no grau da integração vertical da cadeia de valor dos dados, e a variação pode determinar como elas monetizam seus dados e quanto de benefício econômico elas podem capturar.

Ao contrário de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D), que pode depreciar devido à obsolescência, os dados podem produzir novos valores através de fusão de dados, uma característica única que cria desafios sem precedentes em mensurações. As estimativas iniciais do trabalho indicam que os dados podem ter enorme valor.

As companhias plataformas online podem capturar a maior parte dos benefícios dos dados porque elas criam valor a partir dos dados e porque os consumidores não têm conhecimento relacionando o valor dos seus próprios dados. À medida que tendências tais como 5G e Internet of Things estão acelerando a velocidade de acumulação de tipos e volumes de dados, a valoração dos dados terá implicações importantes para políticas de investimento, comércio, e crescimento.

Caso sua empresa, organização ou instituição ainda não detenha uma “Estratégia de Dados” (o que mais cedo ou mais tarde será crucial para o seu sucesso), podemos sugerir (à título de experimentação) os seguintes passos iniciais (indicados por James E. Short e Steve Todd em um post para a MIT Sloan Management Review):

1-      Torne políticas de valoração de dados explícitas e compartilháveis em toda a organização;

2-      Construa in-house expertise em valoração de dados;

3-      Decida se processos de valoração de dados (top-down ou bottom-up) são os mais efetivos em toda a organização.

Se sua empresa, organização ou instituição deseja saber mais sobre o valor dos dados, não hesite em nos contatar!

 

 banner

Creativante 2017 - Todos os direitos reservados